Erliquiose Canina Tratamento

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Se livrar dos carrapatos não é uma tarefa fácil!

Por sorte, a Erliquiose Canina Tratamento oferece diversos recursos.

A equipe do blog Planos de Saúde Animal está sempre preocupada em ajudar você a cuidar melhor do seu melhor amigo, por isso, hoje separamos informações detalhadas sobre a Erliquiose Canina Tratamento.

Continue na leitura e descubra tudo o que você pode fazer para solucionar o problema sério do seu amigo(a).

Erliquiose Canina Tratamento

Erliquiose Canina Tratamento

 

O que é a Erliquiose Canina?

Erliquose (Elichiose) é uma das denominações para doença do carrapato, que também pode ter origem da Babesiose.

Os dois tipos são adquiridos pelos animais através da saliva dos carrapatos infectados, que geralmente são da espécie carrapato-vermelho-do-cão (cor marrom-avermelhada).

A diferença entre Erliquiose e Babesiose são os agentes causadores. Erliquiose é transmitida através da bactéria Ehrlichia canis, enquanto a Babesiose é passada pelo protozoário babesia canis.

Outra particularidade é a forma de ataque do organismo. Na Erliquiose a bactéria se instala na corrente sanguínea se proliferando nos glóbulos brancos do sangue.

Da mesma forma que no corpo humano, os glóbulos brancos são responsáveis pelas defesas imunológicas. Sem as células brancas do sangue os animais ficam fracos e vulneráveis a alergias, viroses e infecções graves.

Quando a hemoparasitose do carrapato é Babesiose, o protozoário danifica as os glóbulos vermelhos para se reproduzir. Esses glóbulos levam o oxigênio dos pulmões para todas as partes do corpo, uma vez que eles não funcionam direito seu cão pode morrer em pouco tempo.

Todos esses processos também acabam por interferir na quantidade de plaquetas do sangue, estas que ajudam no processo de coagulação sanguínea.

Alguns animais podem ser infectados pelos dois microrganismos de uma só vez, o que agrava ainda mais os problemas ocasionados pelas infestações de carrapatos.

Como é o contágio e as causas da doença do carrapato? 

Há ainda outra particularidade no contágio da doença do carrapato Erliquiose e Babesiose, é que as doenças podem estar presentes em sangue para transfusões, mas isso não é comum de acontecer.

Na Bebesiose também há o risco através da placenta, caso a mãe esteja infectada.

Excluindo a possibilidade de contaminação pelo sangue, nenhum animal está totalmente isento de sofrer com o ataque dos carrapatos.

Outra curiosidade importante é que o verão é a época em que a doença se prolifera, por causa do clima e umidade favoráveis.

 Há risco de seu pet pegar carrapatos na grama do jardim, em um rápido contato com outros cães ou em canis e hotelzinhos que não foram bem dedetizados.

Erliquiose Canina Prevenção

Apesar de ser um mal que pode matar o seu animal, a doença do carrapato tem cura. Porém, esta vai depender muito de você!

Primeiro é importante prevenir, sem privar o seu mascote de passear e de se divertir.

Como prevenir a Erliquiose?

Sabemos que você cerca o seu cãozinho de cuidados, mas vamos reforçar que:

  1. Vacinas e vermífugos sempre atualizadas Ainda não existem vacinas para acabar com carrapatos em cachorros, mas elas fortalecem as defesas do organismo dos animais, prevenindo de bactérias, protozoários e outras doenças.
  2. Produtos anti-carrapatos Hoje a indústria pet tem uma série de produtos que funcionam no Erliquiose canina tratamento e na prevenção. São shampoos, sabonetes, coleiras, loções, sprays e outras novidades.
  3. Dedetização e cuidados com o ambiente Sim, se você acha que há o risco de haver carrapatos no ambiente é importante realizar uma dedetização e higienização no ambiente. Consulte um veterinário e os atendentes do Pet Shop de sua confiança, lá você encontrará bons produtos para manter o ambiente livre de carrapatos.
    Caso você tenha área verde na casa, mantenha a grama baixa, evitando que esses animais se escondam nas plantas.
  4. Banho e Tosa Este último é essencial! Se você mantém a regularidade no banho e na tosa, vai prevenir a doença do carrapato Erliquiose e encontrar os parasitas se eles estiverem no pelo do seu cachorro, podendo iniciar os esforços de como tratar Erliquios.

Grande parte destas prevenções muitas vezes custam caro para o nosso bolso. Por este e outros motivos que serviços como planos de saúde animal, vem crescendo tanto no mercado.

>> Clique aqui para conhecer nosso planos <<

Se mesmo com todos os seus esforços o seu cachorro pegou carrapatos é bom você saber quais são os Erliquiose Canina Sintomas.

Erliquiose Canina Sintomas

A Erliquiose canina sintomas tem 3  classificações de gravidade da doença: aguda, subclínica e crônica.

Erliquiose Aguda

Nas primeiras semanas da infecção podemos observar sintomas que caracterizam a Erliquiose canina aguda. Neste estágio os danos ao organismo do cachorro com a doença do carrapato já estão acontecendo.

Note que, seu cão apresentará:

  1. Desânimo
  2. Perda de apetite
  3. Perda de peso
  4. Febre
  5. Manchas vermelhas no corpo

No diagnóstico clínico é notável a alteração de tamanho no fígado, baço e a formação de nódulos.

Quando o controle e Erliquiose canina tratamento não for iniciado ou eficaz, em mais ou menos 3 semanas o seu cachorro pode piorar e entrar na fase chamada de Erliquiose canina Subclínica.

Erliquiose Subclínica

Chegando a este estágio de Erliquiose o seu pet (cachorro ou gato) pode apresentar uma “falsa melhora”.

Exames simples como Erliquiose canina hemograma podem diagnosticar uma pequena anemia, mas um médico veterinário saberá se os riscos são ainda maiores.

Maiores porque se a doença se tornou Erliquiose canina Subclínica a bactéria pode ter apenas encontrado um lugar para reproduzir, geralmente o baço do animal.

Alguns animais podem passar muitos meses ou anos com essa bactéria e correndo risco de morte.

Erliquiose Crônica

Caso a doença seja esquecida e o animal sobreviver, esta se tornará um mal crônico. Alguns organismos vão ser mais resistentes, outros vão desenvolver Erliquiose canina sintomas muito sérios, como:

  1. Febre;
  2. Apatia;
  3. Perda de peso e apetite;
  4. Vômitos e diarreias;
  5. Hemorragias;
  6. Hematomas;
  7. Corrimento nos olhos e focinho;
  8. Anemia;
  9. Mucosas amareladas a brancas;
  10. Problemas respiratórios;
  11. Dor nas articulações;
  12. Rigidez muscular;
  13. Problemas neurológicos;
  14. Dentre outros.

Todos esses sintomas indicam que o seu animal precisa ser socorrido a um médico veterinário com urgência, do contrário ele morrerá!

Bebesiose Canina Sintomas

Os sintomas aqui são parecidos, igualmente graves. Tais como:

  1. Febre;
  2. Urina escura;
  3. Tristeza;
  4. Falta de apetite e disposição;
  5. Anemia;
  6. Isolamento;
  7. Problemas neurológicos.

Diagnóstico Doença do carrapato

Não é possível ter total certeza de uma doença canina apenas pelos sintomas, será necessária uma análise clínica e exames em laboratórios para investigar.

Alguns dos exames que podem ser requisitados são: o hemograma, PCR (Polymerase Chain Reaction) que usa parte do DNA na análise, teste de anticorpos e sorologia.

Erliquiose canina tratamento

No caso de doenças outra novidade pode te ajudar a tratar do seu animal com maior frequência e gastos reduzidos, são os planos de saúde animal, que cobrem consultas, exames laboratoriais e cirurgias.

No Erliquiose canina tratamento são usados medicamentos de via oral, antibiótico para Erliquiose canina, como a Doxiciclina e outros para problemas acarretados por esta infecção.

Algumas vacinas já surgem no mercado, mas até o momento nenhuma foi considerada a solução para o problema.

Sendo quase que obrigatório o banho utilizando substâncias carrapaticidas. A aplicação de loções em pó e em sprays específicos.

Apenas um profissional veterinário, depois da avaliação clínica, poderá receitar medicamentos específicos, por isso não vamos citar aqui outros medicamentos utilizados neste Erliquiose canina tratamento.

Como acabar com carrapatos em cachorros em casa?

Talvez a melhor maneira de reduzir o sofrimento do bichinho, antes de levá-lo ao veterinário seja catando-o para retirar o carrapato transmissor, que está se alimentando do sangue animal.

Para esta tarefa você vai precisar de:

  • Pinça;
  • 1 Par de luvas;
  • Pote com álcool.

Coloque as luvas e com delicadeza inicie a procura dos carrapatos. Uma vez que o encontre, encaixe a pinça perto da pele, junto as garras bucais do carrapato.  Delicadamente puxe o para cima e coloque dentro do álcool.

Ilustração – WikiHow

Atenção: Cuidado para não esmagar o carrapato quando puxar, pois se este estiver com ovos eles podem permanecer no corpo de seu pet.

Feito isso, siga as recomendações dos especialistas e boa sorte Erliquiose canina tratamento.
  

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *