Como Curar Sarna de Cachorro Caseiro

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

 

Ver um gato ou cachorro se coçando por causa de sarna é mesmo de cortar o coração. E se você, assim como nós, quer ajudar a salvar esse bichinho, continue a ler esse post!

Aqui, vamos te ensinar tudo o que você precisa saber para agir rápido em casos como estes.

Você vai conhecer desde os tipos dessa dermatite e fatores causadores de sarna canina, até algumas formas de como curar sarna de cachorro caseiro, deixando SEMPRE claro que: sempre a melhor opção de tratamento para qualquer doença do seu animal é levar ao Veterinário. 

Confira sobre valores de planos de saúde animal:

CLIQUE -> PLANOS DE SAÚDE ANIMAL – PETSAÚDE 

Vamos lá?

Como curar sarna de cachorro caseiro

Como curar sarna de cachorro caseiro


O que é a sarna canina?

A sarna é uma doença causada por ácaros que se instalam na pele ou no pelo provocando uma dermatite. Alguns desses ectoparasitas atingem animais e humanos, portanto, redobre sua atenção e saiba como curar sarna de cachorro caseiro.

Contágio da sarna cachorro

A transmissão dessa doença pode acontecer em um simples contato com um animal doente, através de objetos que favoreçam a proliferação, como almofadas e tecidos, e de forma hereditária.

 

Tipos de sarna em cachorros – contagiosa ou não

São três os tipos mais comuns de sarna canina, a sarna sarcóptica, sarna demodécica e a sarna otodécica. Saiba agora como identificar cada uma delas:

Sarna Sarcóptica ou escabiose

Provocada pelo ácaro Sarcoptes scabei, a sarna sarcóptica ou escabiose, é uma Zoonose, visto que pode ser contraída também por humanos. É importante a utilização de luvas nestes casos.

O cão afetado por esse tipo de sarna apresenta áreas avermelhadas na pele, arranhões, crostas e até bolhas, além da coceira excessiva que é comum a todos os tipos de sarna.

Repare que a intensidade da coceira do animal é tanta ao ponto dele se machucar e em casos mais extremos, deixar de comer.

Sarna Demodécica ou sarna negra

Desta vez o ectoparasita é o ácaro dermodex canis. Neste caso, não foi o contato direto e sim, através da genética, de mãe para filhote.

Mais difícil de ser evitada e mais fácil de reconhecer. Aqui o animal terá o seu corpo “manchado” de preto de maneira localizada ou geral, agravando-se com o avermelhado por conta da coceira.

O animal com sarna demodécica também pode perder pelos ao redor dos olhos e apresentar secreção com odor característico.

Ainda sem tratamento específico, essas crises podem acontecer quando o animal está estressado. A recomendação é não deixar que esses animais se reproduzam.

Evite situações que deixe o seu animal agitado e entre em contato com um veterinário para buscarem o medicamento ideal para controlar a sarna negra

Sarna Otodécica ou sarna de ouvido

Localizada no ouvido, essa doença é provocada pelo Otodectes cynotis.

Além das incômodas coceiras o cachorro afetado por esse ácaro tem a produção de cerúmen (cera no ouvido) aumentada, neste caso a evolução do problema pode causar uma séria otite.

Outros tipos de sarna em cães e gatos

Também há aquelas sarnas de cachorro causadas por ácaros menos recorrentes, mas que não devem ser esquecidos.

  • Pododermatite demodécica (Demodex canis)- que ocorre na região das patas;
  • Sarna Pneumosyssoide (Pneumosyssoide caninum) – na parte interna do focinho;
  • Sarna Cheyletiella (Cheyletiella spp) – recorrente em gatos com sarna e contagiosa para humanos;
  • Sarna Notoédrica (Notoedres cati) – também comum entre gatos, atingindo áreas da cabeça e pescoço.

É muito importante que você leve o seu pet para um médico veterinário para não confundir as doenças e agravar o quadro clínico do seu melhor amigo.

Mesmo sabendo que isso pode custar caro para você, existem planos de saúde animal que pode reduzir e muito os gastos com a saúde do seu pet.

Confira os nosso planos de saúde pet:

CLIQUE -> PLANOS DE SAÚDE ANIMAL – PETSAÚDE 

Como evitar/ prevenir a sarna de cachorro?

Alguns cuidados periódicos são primordiais para que você e o seu pet não precisem se preocupar com a sarna. Veja as dicas:

Dicas para evitar sarna canina

  1. Mantenha a higiene regular do seu animal – banhos, tosa e corte das unhas;
  2. Troque com regularidade os cobertores e evite umidade nos ambiente em que o seu pet costuma ficar;
  3. Alimentação balanceada;
  4. Vacinações e vermífugos devem estar atualizados;
  5. Visitas regulares ao veterinário.

Com essa 5 dicas simples seu animal estará menos propício de desenvolver doenças como a sarna canina.


Tratamento para sarna de cachorro

Para iniciar um tratamento será preciso que você leve o animal até um médico veterinário, assim ele poderá receitar um remédio que vai resolver ou amenizar a sarna.
Para cada caso há um tratamento mais indicado. São pomadas, sabonetes, comprimidos e até medicamentos injetáveis.

Tratamento caseiro – como curar sarna de cachorro caseiro

As soluções caseiras não têm resultados comprovados, mas podem ajudar na melhora desse sério problema.

Como nós não sabemos qual é a real situação que o seu animal está passando, tomamos o cuidado de selecionar produtos naturais, para não agredir ainda mais a pele do animal e te ajudar com um remédio caseiro para sarna de cachorro.

Lembrando que nenhum dos tratamentos caseiros substitui o tratamento prescrito pelo veterinário!

AVISO: Tentar tratar o cão em casa pode ser perigoso, pois pode não ser sarna e sim complicações causadas por fungos, alergias e outras doenças!

Quando você receber a confirmação de um veterinário que, de fato é sarna de cachorro, você pode tentar:

Dica 1 –  como curar sarna de cachorro caseiro:

Banho com sabonete PH neutro, que seja antisséptico e antibacteriano. Sem esfregar!

Dica 2 –  como curar sarna de cachorro caseiro:

Hidrate o seu cão com óleo vegetal de oliva ou amêndoas. Jamais com óleos a base de abacate, pois fazem muito mal aos cães.

Dica 3 – como curar sarna de cachorro caseiro:

Misture um pouco de enxofre (em lojas de produtos naturais ou farmácias) em pó com óleo de oliva ou amêndoas; até chegar a um ponto cremoso; aplique em todo o corpo do cãozinho, deixe agir  por 24 horas , lave seu cãozinho normalmente e acompanhe as feridas secam em dias.

ATENÇÃO: Evite usar em filhotes com sarna, cadelas amamentando e em cães alérgicos!

Lembre-se que a saúde do seu cão depende de você!

E se quer garantir a saúde do seu melhor amigo com mais segurança, conheça nossos planos de saúde que cabem no seu bolso e evita surpresas futuras de doenças. 

Clique no link abaixo e confira os valores dos nossos planos:

PLANOS DE SAÚDE ANIMAL – PETSAÚDE 

 

banner-horizontal

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
2 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *